• Ítalo supera passaporte roubado, furacão, sai do avião pro mar e vence de jeans
  • Iniciado por Afonso
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
  • Afonso
  • Treinador
  • *****

    • 846

    • Masculino
    • Outubro 26, 2019, 23:09:36
    • São Paulo
  • mais
Ítalo Ferreira chegou na praia de Myasaki direto do aeroporto, faltando 9 minutos para o fim de sua bateria de estreia nos Jogos Mundiais. Sem tempo e bagagem, ele teve que entrar no mar de shorts jeans e com a prancha emprestada de Filipe Toledo. Na garra, ele conseguiu arrancar a vitória de virada sobre 3 adversários para se manter na disputa no Japão. Foi um prêmio e um alívio para o surfista que teve que enfrentar uma saga depois de ter o carro e o passaporte furtados nos EUA, antes de embarcar para o Japão.

- Foi uma missão! Quando eu pousei, fui correndo do aeroporto para a competição e não tive tempo de pegar a bagagem. Quando eu cheguei, a minha bateria já estava acontecendo e eu precisava de 12 pontos para ficar em primeiro. Faltando 1 minuto, eu fiz a melhor nota, surfando com a prancha do Filipe e de bermuda jeans. Deu certo. Foi uma loucura! - explicou Ítalo.

Todo o drama de Ítalo começou na semana passada quando o brasileiro teve o carro e o passaporte furtados em Los Angeles, um dia antes de embarcar para o Japão. O surfista conseguiu fazer um passaporte de emergência, mas ainda precisava de novos vistos do Japão e dos EUA, onde ele terá que voltar na semana que vem para uma competição importante da Liga Mundial

Sem conseguir o visto americano a tempo, Ítalo deixou os EUA rumo a Tóquio no último domingo e ainda teve um imprevisto ao chegar no Japão.

- Teve um furacão em Tóquio, e a gente só conseguiu pousar algumas horas depois. Eu não cheguei no consulado americano a tempo de tirar o visto e tive que deixar para o dia seguinte. Eu tive que deixar o meu passaporte lá e vim direto para Miyazaki.

A bateria de Ítalo era contra Leandro Usuna (ARG), Dylan Southworth (MEX) e Frode Goa (NOR). A 9 minutos do fim, o brasileiro entrou na água com Usana liderando o confronto com 12,6 pontos e Dylan em segundo, com 11,34.

- O Filipe, a Tati (weston Webb) e o Ricardinho (pai do Filipe) prepararam a prancha do Filipe pra mim. Eu peguei a primeira onda ruim, fiz 3 pontos, e depois eu fiz um 5 e pouco em uma onda com um aereozinho. Faltando 1 minuto e pouquinho, eu não tinha a prioridade e eles deixaram uma esquerdinha pra mim. Foi a onda que eu fiz o 8,33, a melhor nota da bateria. Só faltava eu ter esquecido e entrado com o passaporte no bolso (risos) - brincou o atual número 6 do mundo.

https://globoesporte.globo.com/radicais/surfe/noticia/tudo-pela-olimpiada-italo-supera-passaporte-roubado-furacao-sai-do-aviao-pro-mar-e-vence-de-jeans.ghtml


  • Gosto    Nao Gosto    Supreendido    Medo    Triste    Sorriso    Terror    Piscar    Desconfio    Lágrimas